segunda-feira, 17 de março de 2008

Alexander: Uma Sobremesa Clássica

Hoje em dia os cocktails tendem a ser mais doces do que ácidos e se existe um cocktail doce é o Alexander. Sem duvida um clássico, a ùnica anotação que consegui encontrar foi no livro “The Joy of Mixology” que aponta como data de criação o ano de 1917, e embora não tenha mais nenhuma referencia de como conseguiu chegar a esta data, não tenho nenhuma razão para duvidar do autor Gary Regan. Uma simples mistura de Gin, Licor de Chocolate (ou Creme de Cacao) e natas, preferencialmente frescas, com as proporções a acertar a gosto, polvilhado de noz-moscada, cria um cocktail talvez demasiado fácil de beber e talvez demasiado doce, mas óptimo para substituir uma sobremesa.
Irmão mais velho do Brandy Alexander, sofre do problema dos clássicos de existirem inúmeras variações das medidas originais, ao ponto de ser difícil dizer qual a receita original. Eu apresento a minha preferida, sendo que mais uma vez aconselho a experimentarem diferentes proporções e dizerem qual preferem. A consistência deste cocktail é uma característica dos cocktails que usam natas e que irei aprofundar em posts futuros. Para já espero que gostem deste cocktail e deixo-vos com a receita. Alexander

1 oz Gin
1 oz Creme de Cacao
1 oz Natas frescas

Agitar (shake) com gelo, servir num copo de cocktail
Polvilhar com Noz-moscada

2 comentários:

Irreligious disse...

Opá.. este está destinado a ser o meu blog favorito lolol

Di disse...

Fico à espera das receitas dos menos docinhos.. ;)